8/25/2006

Podcast Long Tail

Nessa quarta-feira tive a honra de participar de uma conversa via Skype com Carlos Merigo (Brainstorm#9), Cristiano Dias (crisdias.com), Fábio Seixas (versão txt e Camiseteria) e Mauro Amaral (carreirasolo.org) sobre Long Tail, dentro do projeto Braincast do Brainstorm#9. A conversa passou por muitos assuntos relacionados ao conceito que está fazendo grandes empresas repensarem o papel da internet nas suas estratégias. O conceito é tão abrangente que explica não apenas como a internet deu poder ao conjunto das pequenas audiências, mas também explica, na minha opinião, o poder de influência que a propaganda na internet possui atualmente no mercado de comunicação. Eu comento um pouco mais sobre essa minha idéia no podcast, que você pode ouvir abaixo. powered by ODEO Se quiser saber mais sobre o assunto Long Tail, leia o texto original de 2004 escrito por Chris Anderson, editor-chefe da revista Wired, que lançou há pouco tempo um livro sobre o assunto que já virou bestseller. O vídeo abaixo também explica o conceito de uma maneira muito simples.

3 Comentários:

Anonymous Alexandre disse...

Olá!
Este assunto me interessa bastante. Tanto que escrevi sobre isso recentemente no meu blog. Parabéns pelo podcast!

26/8/06 16:33  
Blogger Romulo Corrêa disse...

Fala Rapha,
Gostei desse post sobre o long tail e escutei um pouco do podcast.

Agora Rapha, a verdade é que mais uma vez o cara da wired fez o é preciso fazer para criar um buzz. Ele cunhou um nome, um conceito, para o que já está sendo dito há algum tempo, não é verdade?

Ele está certo no que diz, mas sabe o problema de quem lê um livro desse? Achar que isso se aplica a qualquer produto e a qualquer mercado.

Você sabe a frustração que nós passamos várias vezes e, com certeza você ainda continua passando, quando a gente tinha idéias brilhantes e os clientes estavam 20 anos atrás.

A verdade é que, esses conceitos, todos americanos, tem espaço lá porque o mercado lá é algo absurdamente grande, complexo, diversificado, maduro e afluente(rico. Aí, a gente compra o livro, lê ( e você sabe me conhece) e fica tentando aplicar aqui no Brasil. A primeira descoberta é que o mais próximo que temos do mercado americano é São Paulo. Em são paulo, o mais próximo que temos para aplicar tudo isso na Internet é a classe A,A,A, e para falar com essa classe você tem as grandes agências.

Resumo da ópera: O grande desafio é como adaptar conceitos como esse para uma realidade bem menos rica, bem menos tecnológica, etc, do que aquela que o autor tinha na sua frente quando escreveu o livro.

Agora é sua vez de entrar na história!! ;))))

Em tempo: Um cara que falava dessa interação dos consumidores bem antes de ser cunhado conceitos como esse e como web 2.0, etc, é o C.K. Pharalad, no seu livro "o futuro da competição" da Editora Campus. É a visão do estrategista. Ele falava sobre isso em 2004.

No mais, o blog está show! continue!

5/9/06 10:49  
Blogger Sant'Iago disse...

Vc viu a matéria do Wall Street Journal detonando o Long Tail? Vale a pena ler e também a resposta do Chris em seu blog.
Postei sobre isso no Poucas:
http://poucas-e-boas.blogspot.com/2006/07/long-tail-or-not.html

8/9/06 12:43  

Postar um comentário

<< Home